FreeBSD

13 de setembro de 2016

Clonar sites com WGET

Mais artigos de »
Escrito por: Leonardo Souza
Tags:

Clonar sites com WGET

Como já explicado em outro artigo, a fase de reconhecimento é o momento em que o auditor de pentest pesquisa por informações sobre o alvo e para isso utiliza diversas ferramentas para catalogar o máximo de informações possíveis sobre ele. Neste artigo veremos o utilitário WGET, ferramenta que permite a clonagem de um site da web, garantindo assim sua inspeção offline.

Esta ferramenta não é nativa do FreeBSD, por este motivo precisaremos instalá-la. A instalação deste aplicativo pode ser feito tanto por meio da árvore de ports quanto por meio do utilitário pkg. A instalação de aplicativos no FreeBSD foi devidamente explicada neste artigo.




Instalando o WGET no FreeBSD

Para instalar o WGET por meio da coleção de ports basta acessar o diretório correspondente ao port, por meio do comando “cd”, e digitar o comando “make install clean”. Se não souber o diretório correto basta digitar o comando whereis WGET.

wget1

Este comando retornará o diretório correto do port WGET, neste caso o /usr/ports/ftp/wget.

Neste artigo vamos instalar o WGET por meio do pkg, ou seja, através de um pacote binário. Para isso  digite o comando “pkg install wget”.

# pkg install wget

wget2

O sistema vai nos mostrar todas as dependências que precisam ser instaladas para o bom funcionamento do pacote que será instalado e solicitará confirmação. Digite “y” e confirme a instalação. Pronto, logo o programa estará instalado.

Utilizando o WGET

Com o WGET devidamente instalado, vamos agora realizar a cópia de um site, neste caso utilizaremos, como exemplo, o próprio Mundo FreeBSD. Para isso digite o seguinte comando “wget –m –p –E –k –np –v endereço_do_site”.

wget –m –p –E –k –np –v http://www.mundofreebsd.com.br

wget3

Finalizado o processo o utilitário criará um diretório com o nome do site clonado, dentro do diretório onde o comando foi executado e dentro deste diretório o arquivo contendo o site clonado. Neste exemplo, executei o comando dentro do diretório /root, assim o diretório www.mundofreebsd.com.br foi criado dentro dele e em seu interior o arquivo contendo o html do site clonado.

Veja o resultado do comando “ls” dentro do diretório /root.

# ls

wget4

Perceba que o diretório www.mundofreebsd.com.br está presente.

Abrindo o site clonado

Como explicado anteriormente, o arquivo clonado está dentro do diretório www.mundofreebsd.com.br. Vamos agora abrir este arquivo em nosso navegador, para isso devemos copiar este diretório para o diretório do apache ou utilizar um link para o diretório.

Vamos copiar o site clonado para o diretório do apache modificando o seu nome para “mundo”.  Para isso vamos utilizar o comando “cp”.

# cp -r www.mundofreebsd.com.br

wget5

Dessa forma, para acessar este conteúdo, devemos digitar o IP do servidor apache, seguido do nome do diretório, neste caso o “mundo”.

Digite no terminal http://ip_do_servidor/mundo

wget6

Pronto, temos o site devidamente clonado e disponível para inspeção offline.

Considerações Finais

O WGET é apenas uma das diversas ferramentas que podem ser utilizadas nesta fase, várias outras inclusive fazem o mesmo que ela e até melhor. Porém, é importante conhecê-la, pois em muitos casos ela pode ser bem útil.

Espero que o conteúdo tenha sido útil, em caso de dúvidas utilize os comentários.






Sobre o Autor

Leonardo Souza
Bacharel em Informática, pós graduado em Segurança de Redes de Computadores e analista de Segurança da Informação. Entusiasta de Segurança da Informação e usuário FreeBSD, porém sem xiismo.




0 Comments


Seja o Primeiro a Comentar!


You must be logged in to post a comment.